Na Rússia, Lula repete vitória do primeiro turno sem urna eletrônica

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em Moscou, a votação dos brasileiros terminou com a repetição do cenário do primeiro turno, quando Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teve 45 votos. Agora, teve 46. Já Jair Bolsonaro (PL) viu seu apoio cair de 28 para 23 eleitores, enquanto uma pessoa anulou o voto.

A particularidade da eleição na Rússia é a ausência de urnas eletrônicas, já que a unidade que deveria ser enviada para a capital não teve como chegar, dadas as sanções contra o país de Vladimir Putin devido à Guerra da Ucrânia. Na quinta (27), Putin disse à Folha em um evento perto de Moscou que se dá bem tanto com Lula quanto com Bolsonaro, e que sua prioridade é manter a boa relação com o Brasil, que adotou neutralidade no conflito por questões comerciais. Qualquer um que ganhe deverá manter a política atual.