Nacional-URU tem tudo encaminhado para volta de Luis Suárez, diz jornal

O Nacional-URU tem tudo para acertar o retorno do atacante Luis Suárez, de 35 anos, pelo menos até a Copa do Mundo do Catar, em novembro, segundo informações do Ovación, diário esportivo do jornal El País. O tempo tem ajudado o clube tricolor, uma vez que de acordo com o periódico, o jogador continua esperando por uma oferta vantajosa do futebol europeu ou dos Estados Unidos.

Até aqui, o atacante uruguaio recusou ofertas do futebol turco, vindas de Fenerbahçe, Galatasaray e Besiktas, e também recusou possíveis investidas na América Latina de clubes do futebol argentino, mexicano e do futebol brasileiro. O jogador manteve como prioridade seguir no futebol espanhol, uma vez que não demandaria uma grande mudança para ele e sua família, e gostou de uma chamada do Sevilla, mas o clube da região da Andaluzia teria desistido por conta do alto salário de 'El Pistolero'.

Se os europeus não tem condições de arcar com seu alto salário, Suárez espera algo vindo da Major League Soccer (MLS), mas mesmo no mercado norte-americano haveria problemas neste momento, uma vez que as grandes estrelas como ele são contratadas como "jogador designado", com o limite de três jogadores acima do teto salarial por clube, com vagas limitadas, e como a liga está no meio de sua temporada, uma destas vagas em algum time teria de ser aberta, o que seria improvável.

Por conta disso, o Nacional está otimista com sua contratação. Segundo o Ovación, o clube e o entorno do jogador tratam a situação de 'El Pistolero' com o Bolso como 'alinhamento de planetas'. A contratação seria até o fim da temporada uruguaia, em uma duração de 3 meses para as disputas do Clausura Uruguaio, da Copa Uruguai e da Copa Sul-Americana, onde o time está nas quartas-de-final, e também como forma de dar ritmo de jogo ao atacante pensando na disputa da Copa do Mundo do Catar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos