Nada a comemorar

Para Fidel, os indígenas mexicanos sofrem mais hoje do que nos tempos da Colônia por causa da pobreza e dos megaprojetos. Por isso, quando o país comemora 200 anos da Independência, alguns deles garantem que 'não há nada para celebrar'.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos