Nada de Mercosul: Boric afirma que futuro governo do Chile vai priorizar Aliança do Pacífico

·1 min de leitura

A menos de três meses de sua posse como presidente do Chile, Gabriel Boric afirmou nesta segunda-feira (27) que, em termos de política externa, seu futuro governo vai privilegiar as relações com a Aliança do Pacífico, grupo econômico formado por Chile, Colômbia, Peru e México.

"Vamos dar prioridade à Aliança do Pacífico no futuro. Já falei com vários dos presidentes, em particular com (Andrés) Manuel López Obrador do México, com o presidente (Iván) Duque da Colômbia, e também temos estado em contato com o Ministério das Relações Exteriores do Peru", disse ele.

Esta foi uma questão que se tornou importante durante a campanha do político de esquerda. Em seu primeiro programa como candidato, Boric afirmava pretender pedir a entrada do Chile como país-membro do Mercosul. Hoje o Chile é um país associado da aliança da qual fazem parte Brasil e Argentina, entre outros sul-americanos.

A intenção foi mal vista, considerando que enfraqueceria os laços entre o Chile e seus vizinhos do Pacífico, e foi retirada do programa final do candidato.

A afirmação de Boric agora eleito reforça a importância dada por seus partidários a este bloco econômico. A Aliança do Pacífico, formada por iniciativa do ex-presidente peruano Alan García (2006-11), foi formalmente selada em junho de 2012.

Disse não à viagem com Piñera

O Prosur, bloco criado em 2019, é formado pela Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai e Peru.


Leia mais

Leia também:
Ex-líder estudantil Gabriel Boric catalisa esquerda e se torna o mais jovem presidente da história do Chile
Chile aprova casamento gay e adoção de crianças por casais do mesmo sexo
Resultado eleitoral no Chile ajuda Lula e isola Bolsonaro na região, dizem analistas

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos