'Nada muda nas Forças Armadas', diz ministro das Comunicações

Julia Lindner
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou nesta terça-feira que "nada muda" nas Forças Armadas com a troca dos comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Segundo Faria, o recado foi transmitido a ele pelo novo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, que deve tomar posse na próxima terça-feira.

- Sobre as Forças Armadas, eu até tomei o cuidado de falar com o ministro Braga Netto. Ele me mandou dar um recado aqui, porque ele vai falar só após a posse dele, na terça-feira (...) O ministro Braga Netto disse que nada muda nas Forças. Pelo contrário, as Forças têm um papel dentro da Constituição de hierarquia, disciplina e manter a paz - disse Faria em entrevista à CNN.

Ele negou que tenham ocorrido desentendimentos pela manhã durante a reunião entre o novo ministro e os comandantes das Forças:

- Primeiro, que não houve em nenhum momento hoje pela manhã, na reunião com os três comandantes, nenhum tipo de... Não houve isso de que o comandante da Marinha tenha falado alto ou que tenha havido algum tipo de discussão. Foi uma reunião altamente calma, tranquila, serena.

Em outro momento, Faria negou que o presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, para ter um maior alinhamento político com as Forças Armadas.

- Não. Não procede. O presidente é militar, a relação dele com os militares é muito próximo. Óbvio que até numa relação familiar você tem algum tipo de conflito, isso é normal. Mas é um grupo bastante unido. Vejo hoje a ala militar bem próxima do presidente. Essa mudança é pontual - declarou o ministro.