Nadal sobre participar do adeus de Federer: "Será inesquecível"

Roger Federer e Rafael Nadal treinaram nesta quinta-feira (22) para a Laver Cup que será jogada em Londres. Foto: John Walton/PA Images via Getty Images
Roger Federer e Rafael Nadal treinaram nesta quinta-feira (22) para a Laver Cup que será jogada em Londres. Foto: John Walton/PA Images via Getty Images

O espanhol Rafael Nadal garantiu que jogar ao lado de Roger Federer, na sua última partida profissional, será algo "inesquecível". O espanhol desembarcou em Londres nesta quinta-feira (22) para a Laver Cup, onde vai disputar uma partida de duplas na sexta-feira ao lado de Roger Federer, que anunciou sua aposentadoria na semana passada.

"É uma pressão diferente depois de tudo que compartilhamos. Fazer parte desse momento histórico vai ser inesquecível para mim. Estou muito animado, espero poder jogar bem e criar um bom momento e vencer a partida", disse Nadal em entrevista coletiva.

Leia também:

"Estar ao lado de Roger mais uma vez é algo que desejo e me deixa muito feliz", acrescentou.

"As relações pessoais são mais importantes que as profissionais. Vai ser difícil administrar tudo, principalmente para Roger, mas também para mim. Um dos jogadores mais importantes da minha carreira e da história está saindo. Sou grato por poder jogar com ele, não posso agradecer o suficiente ao resto da equipe por esperar por mim", finalizou.

Cinco anos mais novo que o suíço, Nadal teve bons números no início dos confrontos entre as duas lendas do tênis. Entre 200 e 2009, foram 13 vitórias do Touro Miúra em 19 jogos, com três títulos seguidos de Nadal sobre Federer em Roland Garros e um em Wimbledon, em 2008 quando quebrou uma série de cinco conquistas seguidas de Federer na grama sagrada.

Nos últimos 21 jogos de um total de 40 embates, o equilíbrio aumentou. O suíço ganhou 10 contra 11 do adversário.

A final de Wimbledon em 2008 é considerada por muitos como um dos jogos mais marcantes da história da modalidade. O espanhol venceu o suíço numa épica batalha de 5 sets em 4h48 minutos, conquistando aquele que seria o seu primeiro título no All England Club.