Naiara Azevedo finge que foi agredida em campanha

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Cantora fez maquiagem para ilustrar campanha (Foto: Reprodução/Instagram)
Cantora fez maquiagem para ilustrar campanha (Foto: Reprodução/Instagram)

Naiara Azevedo aproveitou que o assunto está em alta para reforçar a importância de denunciar à polícia quando uma mulher é agredida. Nesta segunda-feira (12), a cantora postou uma foto em que aparece com falsos hematomas, criados pela maquiagem, para chocar e provocar a reflexão.

"Essa foto é fictícia, mas infelizmente é a realidade de muitas mulheres no Brasil e no mundo. Se você, mulher, sofre algum tipo de agressão verbal, financeira, física, moral ou de qualquer outro tipo, desejo que encontre forças e coragem pra DENUNCIAR!", publicou.

Leia também:

Nos comentários, seguidoras de Naiara desabafaram sobre agressões que sofreram e reclamaram da Justiça no Brasil. Alguns não leram a legenda e acharam que ela foi agredida de verdade. Outros polemizaram a foto e afirmaram que não havia necessidade de simular uma agressão para falar sobre o assunto na internet. 

"Postou por modinha. Lacradora ou usurpadora?", questionou um internauta. "Depois não adianta falar que não queria biscoito", disse mais um. "Quer me matar? O coração parou quando vi a foto. Ainda bem que sei ler", escreveu um terceiro. "Quem fez isso com você?", perguntou outro, assustado. 

A postagem de Naiara foi feita após Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, expor vídeos em que aparece sendo agredida pelo músico. Ele chegou a confirmar as denúncias, mas tentou justificar colocando a culpa nela. Em entrevista ao colunista Léo Dias, Pamella afirmou que estava grávida de 5 meses quando apanhou pela primeira vez do ex-companheiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos