Namorada de Lula vai deixar seu emprego na usina de Itaipu

Foto: AP Photo/Leo Correa

Rosângela da Silva, conhecida como “Janja”, ficou conhecida no Brasil inteiro ao ser apresentada ao país pelo ex-presidente Lula como namorada, no último dia 8, quando o petista deixou a prisão em Curitiba. Aos 52 anos, ela atua como socióloga na Usina de Itaipu desde 2005, mas agora vai deixar o emprego. A informação e do jornal Estado de S.Paulo.

De acordo com o Estado, a saída da atual namorada do petista foi em comum acordo com a diretoria da Usina, que é comandada pelo general Joaquim Silva e Luna. O salário da socióloga gira em torno de R$ 20 mil.

Leia mais sobre o julgamento sobre prisões em 2ª instância no STF

O Estado diz que o presidente Jair Bolsonaro foi comunicado da ‘saída pacífica’ de Janja. A Itaipu não deu detalhes sobre as negociações para a saída da namorada de Lula.

O afastamento de Janja foi acertado nesta terça-feira, 12, seu último dia na empresa, mas seu desligamento definitivo será efetivado em janeiro, segundo informações do jornal.

Até janeiro, ela poderá usufruir da bonificação a que tem direito e à antecipação de suas férias. Em Itaipu, o empregado com mais de dez anos de casa tem direito a férias de 30 dias úteis, e não 30 dias corridos como prevê a CLT.