Nanda Costa revela pré-eclâmpsia e internação de uma das filhas em UTI

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 20.07.17 21h Nanda Costa (atriz). Pre-estreia de
*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 20.07.17 21h Nanda Costa (atriz). Pre-estreia de

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dia após as filhas Kim e Tiê completarem um mês de vida, Nanda Costa, 35, fez um relato do parto das gêmeas e de como tem sido a vida dela e da mulher, a percussionista Lan Lahn, 53, após a chegada das meninas. "Sem dúvida é o momento mais desafiador e intenso da minha vida. Tive uma gravidez tranquila, nunca me senti tão bem em toda a minha vida", disse a atriz na tarde deste sábado (20) no Instagram.

Em seguida, Costa contou que o parto das gêmeas precisou ser adiantado, quando ela estava com 35 semanas e 3 dias de gestação, porque teve um pico de pressão alta e os rins dela começaram a parar.

"Pré eclampsia! Minha obstetra foi precisa, cirúrgica e, graças a Deus, salvou a minha vida! Minha mulher não saiu do meu lado um segundo sequer", revelou a atriz, se referindo ao mal relacionado ao aumento da pressão arterial, que pode afetar gestantes a partir da 20ª semana de gestação. Se não houver tratamento médico rápido e adequado, a pré-eclâmpsia pode ser fatal tanto para a mãe quanto para o bebê.

A atriz contou que Kim precisou ficar na UTI por duas semanas para ganhar peso, enquanto Tiê pôde permanecer no quarto e recebeu alta com ela, que passou mais cinco dias no hospital. "Tem uma parte da vida que a rede social não mostra e como estamos vivendo tempos de julgamentos cada vez mais difíceis, às vezes preferimos focar em compartilhar as alegrias. Mas hoje, eu escolhi dividir o quão difícil foi e tem sido", disse a artista.

Ela afirmou que passaria por tudo novamente para "receber a bênção que e ter Kim e Tie", agradeceu à rede de apoio, que inclui, médicos, amigos, a mãe, a sogra e Lan Lahn, a quem se declarou. "Obrigada Lan, havia de ser com você, só tinha de ser com você! Te amo pra sempre", disse, mandando um recado às mulheres que estão vivendo a mesma experiência que ela. "Para todas as mães e puérperas, o meu melhor abraço! Estamos juntas. Ah, e as meninas estão super bem e gordinhas", concluiu.

Leandra Leal, Letícia Spiller, Beth Goulart e Priscila Fantin estão entre as celebridades que se sensibilizaram com o relato de Costa. "Nanda, querida... esse nascer de uma mãe é um outro parto. E o amor vai abrindo os caminhos Seu texto me lembrou o começo da minha maternidade", escreveu a jornalista Poliana Abritta.

Kim e Tiê nasceram na noite do dia 19 de outubro. O anúncio da gravidez da atriz foi feito em junho, quando ela já estava de cinco meses. "Um segredo guardado com muito carinho! Somos 4. Duas Mães e duas filhas", escreveu na época Costa.

Em entrevista ao Fantástico, elas afirmaram que a gestação ocorreu após três tentativas de fertilização. "Só queríamos que o doador tivesse saúde e suingue", disse a atriz. Em 2019, Nanda Costa congelou óvulos após receber o convite para fazer o teste para a novela "Amor de Mãe", oferta que considerou "irrecusável".

À época, a atriz assumiu que o plano era engravidar já naquele momento, mas adiou a iniciativa e, posteriormente, postergou novamente devido à pandemia. "Tenho muita vontade de ser mãe. Por mais que falem: 'Cuidado, não tem poesia nenhuma', quero passar por essa experiência de amamentar, o parto", afirmou Nanda na ocasião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos