Não é só no Brasil: moradores da Califórnia vão às praias em meio à quarentena do coronavírus

(AP Photo/Ben Margot)

Multidões foram às praias, a parques e caminharam em trilhas na Califórnia (EUA) nesse final de semana, ignorando a ordem do governo do Estado de evitar contato com outras pessoas nesta epidemia mundial de coronavírus

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, emitiu um comunicado, na última sexta-feira, pedindo que os quase 40 milhões de habitantes do estado ficassem em casa, a fim de ajudar a impedir a propagação do coronavírus.

Leia também

Mas o que se viu foram espaços públicos estavam lotados, levando autoridades em algumas cidades a ordenar o fechamento de parques, áreas de lazer e praias.

Em Los Angeles, redes sociais mostravam fotos e vídeos de famílias curtindo final de semana em praias e trihas, desrespeitando também a recomendação de distância de 1,5 metro entre elas como forma preventiva. 

Diante deste cenário, o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, anunciou no Twitter que estava suspendendo as atividades de esportes e recreação em todos os parques da cidade. Também pela rede social, ele comunicou o fechamento do estacionamento nas praias.

Ele disse que as pessoas deveriam prestar atenção nos fechamentos e ficar em casa. "Isso não significa reunir-se em outro lugar. Isso é sério. Ficar em casa e salvar vidas", twittou Garcetti.

À CNN americana, Garcetti declarou quese mobiliza com os prefeitos dos municípios vizinhos para abordar a população nas prais. 

No domingo, em Santa Monica, o estacionamento na praia amanheceu fechado. Nas proximidades, segundo a CNN, a cidade de Malibu emitiu um comunicado pedindo aos moradores que mantivessem uma distância segura, caso fossem à praia.  Mas fechou parques e acesso às trilhas.

 Mais ao sul, a cidade de Long Beach fechou áreas de recreação. Na noite de domingo, o prefeito de Long Beach, Robert Garcia, também usou as redes sociais para avisar que espaços púbicos como pista de skate, playgrounds, quadras de vôlei, tênis e basquete estavam com os portões fechados.

E não foi só na Califórnia que moradores ignoraram os apelos das autoridades para ficar em casa. Na Flórida, no final de semana, era grande o movimento de barcos em Miami e nos arredores de Boca Raton. O prefeito do condado de Miami-Dade, Carlos Gimenez, fechou marinas e rampas para barcos. Na sexta-feira, várias praias do estado fecharam ao público. A polícia local fará fiscalização. 

Os parques já foram fechados. No Facebook, o Oregon State Parks comunicou que todos os parques estaduais ficarão fechados até, pelo menos, 8 de maio. 

O National Park Service fechou alguns locais.  Na cidade de Nova York, o zoológico Prospect Park e o Tennis Center foram fechados e os esportes coletivos foram proibidos.

Parques no Condado de Fairfax, na Virgínia, também estão de portões fechados.