Não há registro de que anestesista preso por estuprar gestante apoie Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi preso em flagrante pelo estupro de uma mulher grávida (Foto: Instagram / Reprodução)
O anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi preso em flagrante pelo estupro de uma mulher grávida (Foto: Instagram / Reprodução)
  • Após anestesista ter sido preso em flagrante pelo estupro de uma paciente grávida, conteúdos sobre seu posicionamento político circulam nas redes

  • Usuários alegam que o médico seria apoiador do presidente Jair Bolsonaro

  • No entanto, não há registro da imagem em apoio ao mandatário em seus perfis nas redes

Publicações com centenas de interações alegam nas redes sociais que o anestesista preso em flagrante pelo estupro de uma mulher grávida no Rio de Janeiro seria supostamente apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL). Como base para a alegação é compartilhada uma imagem de Giovanni Quintella Bezerra com os seguinte dizeres sobrepostos: "Bolsonaro 17. Vice: Hamilton Mourão. Deus Pátria e Família".

Contudo, não há registro da imagem em apoio ao presidente nas redes do anestesista.

Captura de tela de uma montagem mostrando anestesista preso em flagrante pelo estupro de uma gestante supostamente apoiando o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Facebook / Reprodução)
Captura de tela de uma montagem mostrando anestesista preso em flagrante pelo estupro de uma gestante supostamente apoiando o presidente Jair Bolsonaro (Foto: Facebook / Reprodução)

Giovanni Quintella Bezerra foi preso e autuado em flagrante por estupro nesta segunda-feira (11). O caso ocorreu em um hospital de São João Meriti, município localizado na Baixada Fluminense no Rio de Janeiro, e foi filmado por colegas do médico.

Usuários têm compartilhado nas redes sociais publicações associando Quintella ao presidente Jair Bolsonaro. "Ainda bem que temos os arquivos da internet. Sabe o médico anestesista Giovanni Quintella que estuprou uma mulher no Rio? Sabe de quem ele é eleitor? ", diz a legenda que acompanha uma imagem do médico com dizeres em apoio ao presidente.

No perfil do Facebook de Quintella, porém, não há menções ao mandatário, tampouco foi encontrada a imagem com os dizeres viralizados.

A fotografia no fundo da montagem – em que o anestesista aparece com um jaleco – já foi utilizada como sua foto de capa na rede, em agosto de 2020. Não há, porém, a sobreposição com os dizeres em apoio a Bolsonaro. A outra foto, colocada em primeiro plano na colagem, na qual o homem veste roupa preta, foi publicada em 9 de maio em seu perfil no Instagram sem qualquer comentário de cunho político-partidário.

Uma publicação do portal G1 também não fez qualquer menção ao assunto. Além disso, é verdadeiro o que apoiadores do presidente têm publicado, de que o médico já curtiu páginas no Facebook como "Cirão da Massa" e "Jovens de Esquerda".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos