Não vacinados são 80% dos mortos e internados por covid-19 no Brasil

·1 min de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL â OCTOBER 27 : Covid-19 patients receive treatment in Intensive Care Unit of the Municipal Hospital of Posse, in the city of Nova Iguacu, Rio de Janerio on October 27, 2021. Hospitals in Rio de Janeiro are expecting a decrease in severe cases, but deaths by Covid-19 are still high in the country. Most of the hospitalized people have not taken the Covid-19 vaccine in the country. Brazil registers 13,400 cases and 442 deaths in 24 hours. Since the start of the pandemic, 606,246 people have died from the Covid-19. (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
Não vacinados são 80% dos mortos e internados por covid-19 no Brasil (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Oito em cada dez pessoas que morreram de covid-19 no Brasil não se vacinaram

  • Desde março, quando a segunda dose passou a ser aplicada, as mortes pela doença despencaram 94%

  • Dados são da Info Tracker, plataforma de dados da USP e da Unesp

Oito em cada dez pessoas que morreram de covid-19 no Brasil não se vacinaram, segundo levantamento da Info Tracker, plataforma de dados da USP (Universidade de São Paulo) e da Unesp (Universidade Estadual Paulista), publicado pelo portal UOL.

Desde março, quando a segunda dose do imunizante passou a ser aplicada, as mortes pela doença despencaram 94%.

Entre 1º março e 15 de novembro deste ano, 306.050 pessoas morreram de covid no Brasil. Em 79,7% dos casos (243 mil), as vítimas não haviam tomado nenhuma dose da vacina.

O número despenca para 32 mil (10,7%) entre aqueles que morreram após completar o ciclo vacinal e para 29 mil (9,7%) entre os que tomaram apenas uma dose.

A quantidade de pessoas internadas depois de contrair covid segue proporção parecida, segundo levantamento da Infotracker publicado pelo portal UOL.

Dos 981 mil internados, 802 mil (81,7%) não haviam tomado nenhuma dose da vacina, enquanto foram apenas 93 mil internações (9,6%) entre quem recebeu as duas doses ou a dose única do imunizante. Os internados após uma dose da vacina somaram 85 mil (8,7%).

O número de mortos caiu de 89,6 mil, em março, para 5.744, em outubro, tombo de 94% desde que a segunda dose passou a ser aplicada no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos