'Não vai custar tudo isso': Lula desmente gasto milionário em casamento com Janja

Lula e Janja se beijam em evento (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Lula e Janja se beijam em evento (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

O casamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com a socióloga Rosângela da Silva, mais conhecida como Janja, será realizado nesta quarta-feira (18), em São Paulo. E especulações sobre o evento, que contará com a presença de 200 pessoas, não param de surgir, inclusive sobre o seu custo.

A coluna do Leo Dias, no portal Metrópoles, disse que a festa do petista custaria mais de R$ 100 mil.

Questionada a respeito, informou a coluna de Malu Gaspar, do jornal O Globo, a assessoria de Lula afirmou que o ex-presidente e Janja vão bancar o evento com recursos próprios. "O Lula recuperou os bens dele, a Janja tem a vida dela e os dois arcarão com os custos do casamento.”

Mas não foi dito o valor a ser gasto pelo casal. O assessor de imprensa de Lula, José Crispiniano, disse apenas que a festa “não vai custar tudo isso” —mais de R$ 100 mil. “Não haverá nenhuma exorbitância”, afirmou.

De acordo com O Globo, Lula teve seus bens recuperados em novembro por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). O patrimônio do ex-presidente de R$ 6 milhões —incluindo o espólio de R$ 3 milhões da ex-primeira dama, Marisa Letícia da Silva, que morreu em 2017— tinha sido bloqueado pela Operação Lava Jato.

Ex-presidentes do Brasil não recebem aposentadoria pelo cargo que ocuparam. Depois que deixou a Presidência e antes de ser preso, em 2018, Lula fez palestras pagas no Brasil e no exterior.

Ainda segundo o jornal O Globo, Janja foi servidora da Itaipu Binacional durante 14 anos e também atuou como assessora da Eletrobras. Ela ganhou de presente o vestido de noiva da estilista Helô Rocha, de quem é amiga.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos