Nas redes, Rodrigo Pacheco defende Estado Democrático de Direito

·1 minuto de leitura

RIO — O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), publicou nesta terça-feira uma defesa ao Estado Democrático de Direito. A postagem foi feita em meio à escalada de tensão devido aos protestos bolsonaristas e ao acirramento da crise entre poderes. No dia da Independência, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) convocou manifestações que, entre as pautas, pedem o fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Ao tempo em que se celebra o Dia da Independência, expressão forte da liberdade nacional, não deixemos de compreender a nossa mais evidente dependência de algo que deve unir o Brasil: a absoluta defesa do Estado Democrático de Direito", escreveu Pacheco no Twitter.

Os atos em apoio a Bolsonaro ocorrem em meio a uma forte queda na popularidade do presidente, com alta da inflação, crise energética e com o país sob a pandemia da Covid-19 que já tirou a vida de 580 mil brasileiros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos