Nas redes sociais, Damares desafia Bolsonaro, ministros e pastores a ficarem 24h sem celular

Valter Campanato/Agência Brasil

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A ministra Damares Alves propôs um "detox digital" organizado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

  • Proposta é que as pessoas passem o máximo de tempo longe do aparelho celular. O mote: a comemoração ao dia nacional da família, 8 de dezembro

A ministra Damares Alves recorreu às redes sociais nesse sábado (30) para promover o programa Reconecte, que se pretende um "detox digital" organizado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Segundo reportagem do portal UOL, a proposta é que as pessoas passem o máximo de tempo longe do aparelho celular. O mote: a comemoração ao dia nacional da família, 8 de dezembro.

Leia também

Em vídeo nas redes, a ministra desafiou o presidente Jair Bolsonaro, a primeira dama, Michelle, e os ministros a não usarem o celular por 24 horas. Também a pastores evangélicos o desafio foi estendido. "Dá tempo de tu falar amanhã na igreja com todo mundo e desafiar todo mundo", disse a ministra.

De acordo com Damares, ela e a filha deixarão os celulares dentro de uma caixa, a qual, por sua vez, ficará sob cuidados dos agentes que fazem a sua segurança.

A própria ministra, que estreou no Twitter em janeiro e hoje tem 624 mil seguidores, é das mais ativas na plataforma. Só nos últimos dois dias, mencionou o UOL, ela fez cerca de 30 publicações e comentários.

Lançado oficialmente no início de julho, o Reconecte tem o objetivo de "alertar a população para os riscos do uso excessivo da tecnologia e reconectar as famílias do Brasil". O ministério defende que o programa tem cinco eixos: tecnologia e dignidade humana, responsabilidade digital, tecnologia e saúde, segurança digital e cultura digital.