Nas redes, Temer compartilha elogios por articular nota de recuo de Bolsonaro

·1 minuto de leitura

Desde que foi chamado para colocar panos quentes na crise institucional causada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-presidente Michel Temer fez 48 publicações nos stories do Instagram, postagem que fica apenas 24 horas no ar. A maioria delas era compartilhamentos de elogios que receber por ser o articulador da carta na qual Bolsonaro sinalizou com o cessar-fogo aos demais Poderes da República.

Não foi a primeira vez que Temer ajuda seu antecessor a lidar com crises em seu governo, mas a repercussão do episódio atual —que atraiu olhares internacionais após os atos antidemocráticos puxados por Bolsonaro — levou o ex-mandatário a se gabar nas redes. Entre os elogios que recebeu, o medebista foi chamado de “conciliador da nação” e de “Poder moderador”.

O ex-presidente fez até mesmo uma publicação comentando seu papel na tentativa de amenizar o tom belicoso de Bolsonaro.

“Sempre que fui chamado para ajudar o país, busquei o diálogo e coloquei as instituições acima dos homens. A solução para muitos problemas que os brasileiros enfrentam está na pacificação e no entendimento. Torço para que sigamos nesse caminho hoje e sempre”, escreveu Temer no Instragram.

O ex-presidente passou a usar mais o Instagram após lançar uma série de vídeos que lançaria nas redes sociais. Desde então, começou a fazer publicações com tons engraçadinhos para se aproximar de seus seguidores.

Na quarta-feira, por exemplo, fez uma postagem com o título “Inimigos da inflação”, falando como ele e seu ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reduziram a inflação que vinha do governo anterior. A foto dos dois de óculos escuros e os dizeres “missão cumprida” foi usada como elogio para o Temer no episódio com Bolsonaro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos