Nasa: 300 milhões de planetas de nossa galáxia podem ser habitáveis

·1 minuto de leitura
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Cientistas da Nasa descobriram que pode haver até 300 milhões de planetas habitáveis na nossa galáxia. Para isso, eles utilizaram dados de nove anos de missão do telescópio Kepler, da agência espacial americana, e identificou também que alguns desses planetas podem estar bem próximos, a a30 anos-luz de distância Sol.

"Estamos um passo mais perto de descobrir se estamos sozinhos no cosmos”, afirmou, em nota, Jeff Coughlin, coautor do estudo e pesquisador de exoplanetas do Instituto SETI, da Nasa, localizado em Taiwan.

Ele citou também que as descobertas do estudo fazem parte de um "terreno-chave" da "Equação de Drake", que é usada para estimar o número de civilizações extraterrestres ativas na galáxia.

Para o estudo, os cientistas analisaram exoplanetas com tamanhos semelhantes à Terra. Também foram analisadas estrelas com idade e temperatura parecidas com as do Sol.

Outro destaque do estudo é que ele considera, pela primeira vez, quanta luz atinge o exoplaneta para averiguar a probabilidade de água líquida. Para isso, os pesquisadores analisaram dados do Keplere da missão Gaia da Agência Espacial Europeia (ESA) sobre quanta energia a estrela do planeta emite.

“Saber quão comuns são os diferentes tipos de planetas é extremamente valioso para o projeto das próximas missões de descoberta de exoplanetas", declarou Michelle Kunimoto, coautora do trabalho.