Nasa abre processo seletivo para contratação de astronautas

(Arquivo) Logo da Nasa

A agência norte-americana Nasa abriu nesta quarta-feira uma chamada para a contratação de astronautas que poderiam viajar em futuras missões de voos comerciais ou na cápsula Orion, para desbravar o espaço profundo.

Com o programa espacial suspenso desde 2011, quando foi aposentado o programa de ônibus espaciais, a Nasa pretende aumentar sua equipe, que atualmente consiste de 47 astronautas - cerca de um terço do que era em 2000.

No início de 2017 é esperado que uma nave norte-americana realize uma viagem. No entanto, quatro astronautas veteranos já foram selecionados para as primeiras missões do novo navio da Boeing, a CST-100 Starliner, e a cápsula SpaceX Dragon.

"Precisaremos de uma equipe maior para futuras missões à estação espacial e de desbravamento do espaço profundo", disse a Nasa em comunicado.

A Nasa e as empresas privadas se preparam para novas missões à Estação Espacial Internacional (ISS) e para explorar o espaço, um asteroide e, eventualmente, Marte em 2030.

"Com mais naves para humanos em desenvolvimento nos Estados Unidos, mais do que qualquer outro momento da história, os futuros astronautas serão enviados para o espaço novamente a partir da base da Flórida", em uma nave comercial feita na América, "e farão missões de exploração do espaço profundo que avançarão missões humanas a Marte", informou a Nasa.

"A próxima geração de astronautas poderá voar em qualquer um dos quatro programas dos Estados Unidos durante suas carreiras: a Estação Espacial Internacional, duas naves tripuladas comerciais desenvolvidas por empresas privadas" do país e "o veículo de exploração da Nasa, Órion".

A Nasa vai começar a receber as candidaturas em 14 de dezembro e as inscrições poderão ser feiras até meados de fevereiro na página www.usajobs.gov; e a contratação será anunciada em 2017.

Os interessados devem ser norte-americanos e ter um diploma em engenharia, ciências biológicas, física ou matemática, assim como três anos de experiência profissional ou pelo menos 1.000 horas de voo como pilotos de jets. Também devem superar uma grande prova física da Nasa.

Mais de 300 pessoas foram contratadas como astronautas da agência desde 1959, quando foi selecionado o primeiro grupo de sete pessoas como parte do projeto Mercury, que enviou tripulantes para orbitar ao redor do planeta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos