Nasa adia novo lançamento teste de espaçonave da Boeing

·1 minuto de leitura
Cápsula em foguete da Nasa preparado para lançamento.

(Reuters) - A Nasa e a Boeing adiaram uma tentativa de lançamento da cápsula CST-100 Starliner da empresa para a Estação Espacial Internacional, que estava marcada para a sexta-feira, após cosmonautas russos a bordo da estação reportarem um problema com um novo módulo que foi atracado ao posto avançado.

O adiamento do lançamento foi anunciado pela Nasa, um dia antes da data marcada para a saída da Starliner do Centro Espacial Kennedy, no Estado da Flórida, em cima de um foguete Atlas V da Boeing Lockheed Martin.

Um lançamento teste anterior da Starliner em 2019, também sem tripulantes, terminou em uma falha quase catastrófica na hora de se atracar com a estação espacial.

A contagem regressiva para o novo voo-teste foi suspensa após cosmonautas na estação espacial informarem o controle de missões de Moscou sobre dificuldades com o recém-chegado módulo Nauka, após a atracação com laboratório em órbita horas antes.

"A Nasa e a Boeing decidiram desistir do lançamento de sexta-feira e da tentativa de missão de voo orbital Test-2", afirmou a Nasa em comunicado, acrescentando que as equipes avaliam a próxima oportunidade de lançamento possível.

(Por Steve Gorman; reportagem adicional de Rithika Krishna)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos