Entenda por que a NASA proíbe NFTs com seu acervo

·1 min de leitura
Astronauta da NASA
Apesar de ser controlada pelo governo norte-americano, a agência possui acordos com empresas privadas que podem fazer uso de sua marca

(Getty Images)

  • NASA proíbe NFTs com seus materiais

  • Agência emitiu um comunicado oficial em seu site

  • No texto, destaca que não autoriza o uso de conteúdos para fins lucrativos e colecionáveis

A NASA, agência espacial norte-americana, emitiu um comunicado em que proíbe a transformação de suas imagens, logos, gravações de áudio ou vídeo e outros arquivos semelhantes em NFTs. De acordo com o texto, não há autorização para que os conteúdos virem ativos digitais colecionáveis ou sejam usados com fins lucrativos.

Leia também:

“A NASA disponibiliza suas imagens e vídeos para fins educacionais e informativos de acordo com essas diretrizes. Tokens não fungíveis (NFTs) são, em essência, tokens digitais de propriedade de alguém como um ativo digital ‘único’. A NASA não deseja que suas imagens sejam usadas para esses fins”.

Controlada pelo governo norte-americano, a agência possui acordos com empresas privadas que podem fazer uso de sua marca. Roupas e souvenirs são exemplos de itens desenvolvidos, mas para por aí.

“Os NFTs não são consistentes com as categorias de produtos que a agência está autorizada a comercializar. A NASA não deseja que suas imagens sejam usadas em conexão com NFTs”, informou.

O comunicado foi divulgado no próprio site da agência espacial e pode ser visto, na íntegra e em inglês, aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos