S&P 500 e Nasdaq cravam novas máximas de fechamento

·2 minuto de leitura
Prédio da Bolsa de Nova York é refletido em óculos escuros de mulher em Nova York, EUA

Por Krystal Hu

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq fecharam em máximas recordes nesta terça-feira, impulsionados por Apple e outras ações de tecnologia, depois de um relatório positivo sobre a confiança do consumidor nos Estados Unidos.

O S&P 500, apoiado por um salto nos papéis do Morgan Stanley após a notícia de um aumento no pagamento de dividendos pela empresa, cravou uma máxima recorde pela quarta sessão consecutiva.

O S&P e o Dow fecharam com poucas alterações, após uma sessão marcada por volumes de negócios abaixo da média, já que o mercado aguarda por mais dados econômicos.

"Acho que o mercado está em um período de digestão", disse Tom Martin, gestor sênior de portfólio da Globalt. "Estamos esperando por aquela próxima informação que vai nos dar uma ideia do quão sustentável é a recuperação."

Participantes do mercado vão monitorar de perto o relatório de empregos dos EUA a ser divulgado na sexta-feira, que pode influenciar a postura de política monetária do Federal Reserve (banco central norte-americano) --que, por sua vez, depende de uma recuperação equitativa do mercado de trabalho.

Nesta terça-feira, um relatório positivo sobre a confiança do consumidor estabeleceu um tom otimista para os dados de emprego. A confiança do consumidor norte-americano subiu em junho para seu nível mais alto desde o início da pandemia de Covid-19, há mais de um ano, reforçando expectativas de forte crescimento econômico no segundo trimestre.

"Se tivermos um número forte do 'payroll' neste mês e começarmos a obter progresso na taxa de desemprego, isso muda toda a narrativa do Fed", disse Mike Zigmont, chefe de operações e pesquisa da Harvest Volatility Management, em Nova York.

O índice Dow Jones subiu 0,03%, a 34.292 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,027735%, a 4.292 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,19%, a 14.528 pontos.

(Reportagem de Krystal Hu, em Nova York, e Devik Jain e Medha Singh, em Bangalore)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos