Natália, do 'BBB 22', diz que inglês a prejudicou em papo com modelo canadense: 'Fiquei quieta para não passar vergonha'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Natália Deodato, do "BBB 22", falou do encontro que teve com a modelo canadense Winnie Harlow, em um camarote na Sapucaí, durante os desfiles das escolas de samba do Rio, no último fim de semana.

Em um post no Instagram, a ex-BBB relatou a emoção de conhecer a top internacional que é inspiração para diversas mulheres, especialmente as portadoras de vitiligo, assim como Natália, e lamentou o fato de não saber falar inglês para se comunicar melhor com ela.

"Demorei, mas não podia deixar de postar essa foto de milhões. (...) Eu queria dizer muitas coisas a ela, mas, infelizmente, o inglês da gata ainda tá caminhando e para não passar vergonha, eu preferi ficar quieta. Já sonhei muito com esse momento e consegui realizá-lo. Estou feliz demais!Obrigada meu Deus!", disse.

Winnie Harlow ganhou visibilidade ao participar do reality show "America's Next Top Model" e, na sequência, passou a trabalhar com marcas mundialmente conhecidas.

"Já tive dias no escuro, sem saber o que fazer da vida porque o vitiligo tinha aparecido. Era apenas uma criança quando tudo começou e fiquei em desespero… Não sabia o que fazer ou como falar diante de tanto preconceito e bullying, queria apenas me esconder. Eu simplesmente queria acordar e ver que tudo passou, até o dia que me mostraram a “vitilinda” @winnieharlow, que me deu muita força através da internet, naquela época super difícil, para passar por cima de tudo e me amar do jeitinho que eu sou. Lembro de dizer que queria ser como ela. Ela é inspiração para as pessoas e eu também quero ser!", escreveu na Natália.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos