Natália briga com Lina e Jessi, quebra objetos e é proibida de beber; entenda

·4 min de leitura
Briga com Natália gera caos no
Briga com Natália gera caos no "BBB 22" (Foto: Reprodução/Globo)

A festa do líder Lucas colocou fogo no parquinho na madrugada desta quinta-feira (17) no "BBB 22". Natália, que já acumulava algumas chateações com Jessilane e Linn da Quebrada, bebeu demais e resolveu expor o que sente. Lina ficou magoada e a situação saiu do controle. Nati começou a arremessar e quebrar objetos pela casa. Todos os participantes ficaram chocados com a reação da sister. Eslovênia foi quem tentou segurar Natália para evitar que seu descontrole gerasse uma expulsão.

Durante a discussão com Lina, Natália afirmou que muitas vezes sentiu que a atriz tentava afastar Jessilane dela e admitiu ter pensado que Lina agia com falsidade. "Eu falei que muitas vezes você pudesse ser desleal. Você vai ter que ouvir! Falei que você pudesse ser desleal, que muitas vezes senti ciúmes da Jessi, que você queria afastar ela de mim. Eu falei isso com você. Não fui falsa", disparou Nati, que depois foi para a cozinha e começou a jogar as cadeiras para o alto.

Natália jogou objetos durante discussão (Foto: Reprodução/Globo)
Natália jogou objetos durante discussão (Foto: Reprodução/Globo)

Magoada, Lina tentou explicar seu lado, mas não conseguiu concluir o pensamento. Ela disse que ficou triste ao ser chamada de desleal e chorou acreditando que a única solução é se afastar de Natália e Jessilane. Em conversa com Laís, a sister disse que deve ser um "monstro" para ter causado tudo isso. Ela também manifestou seu desejo de sair do programa e ficou olhando fixamente para o botão da sala.

Aos prantos, Jessilane desabafou sobre a treta. "Ela (Natália) está com ciúmes da minha amizade com a Lina. Ela acha que a gente está excluindo ela. A Natália é ciumenta com o Eli, comigo, com a Lina. Toda vez que a gente acaba se aproximando... Teve uma vez que a gente estava conversando aqui e quando ela chegou era uma coisa nada a ver, ela mesma não se interessou. Depois, lá na mesa, ela jogou isso na minha cara", afirmou a professora.

Enquanto a treta acontecia, o telão usado para transmitir anúncios aos participantes informou que Natália está proibida de beber álcool no "BBB 22".

A confusão repercutiu dentro e fora da casa. Douglas revelou que temeu a expulsão de Natália durante a briga. Quando a produção anunciou que ela está proibida de beber, o brother pensou que o aviso seria outro. “Tive medo mesmo de estar lá, 'confessionário', sabe? Porque isso aqui é um sonho, né? Imagina acabar tudo isso assim do nada? Bizarro."

Histórico de brigas

Não é a primeira vez que Natália perde o controle no "BBB 22". Em janeiro, a sister sentiu ciúmes de Lucas com Eslovênia e também quebrou objetos. "Quero ir para a minha casa. Acho que não sou tão forte. Ninguém gosta de mim”, disse ela, que foi repreendida por Eliezer: "Não fala isso. Tem 200 milhões de pessoas te escutando. A sua palavra tem muita força. […] Não fala que você quer ir embora. Me escuta porque você vai se arrepender amanhã", aconselhou o brother.

A moça havia criado uma expectativa com Lucas, após os dois passarem a tarde na piscina. Na ocasião, Lucas elogiou a mineira e chegou a dizer que ela era seu porto seguro no confinamento. Durante a festa, porém, ele e Eslovênia iniciaram um romance.

Solidão da mulher preta

A frustração e a dor de Natália passam por uma questão importante: a sister tem vitiligo, doença cutânea com um conjunto de causas genéticas e autoimunes. Mesmo que pela lei brasileira Natália não seja considerada PCD, é fato que não ter uma aparência normativa mexeu com a autoestima da sister e com sua qualidade de vida.

"Eu tinha vergonha, tampava, usava muita maquiagem. Foi quando realmente decidi encarar de peito aberto. Essa sou eu, é assim que eu quero que as pessoas me vejam e é assim que as pessoas vão ter que me respeitar", afirmou Natália antes de entrar no "BBB 22".

Se ver constantemente "rejeitada" e "trocada por mulheres brancas" normativas é mais um gatilho que a sister precisa enfrentar diariamente. Ver essa vulnerabilidade colocada em jogo, diante de todo o Brasil, é uma dor que ninguém tem direito de julgar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos