Nathan não se reapresenta ao Fluminense, que aguarda Atlético-MG e renovação ganha 'tensão'

O Atlético-MG e o Fluminense têm bem encaminhado um novo acordo para que Nathan fique no tricolor em 2023. Mas ele ainda não foi oficializado. Devido a isso, o meio-campista não se reapresentou com o elenco no CT Carlos Castilho, nesta segunda-feira, enquanto aguarda uma definição. Ele também não está com o elenco do Galo, que detém seus direitos federativos.

Nathan não foi citado como ausência pelo Fluminense exatamente por não ser, juridicamente, jogador do clube. O técnico Fernando Diniz, o meia Jhon Arias e os atacantes Germán Cano e Willian Bigode também não estiveram no CT Carlos Castilho. Nos bastidores, há a preocupação com o risco de a negociação melar.

O Fluminense segue contando com Nathan para 2023 e aguarda uma posição oficial. Quando (ou se) Nathan assinar o novo vínculo de empréstimo, ele se reapresentará. Mas a decisão final está com o clube mineiro, que detém seus direitos federativos, e com o estafe do jogador. O novo vínculo também seria por empréstimo e válido até o final da próxima temporada.

O EXTRA apurou que o pai do jogador, que cuida da carreira de Nathan, ainda não bateu o martelo sobre o clube que ele atuará em 2023, o que atrasou a assinatura. Entre Fluminense e Atlético-MG, o acordo segue de pé. O estafe de Nathan foi procurado pela reportagem, mas não respondeu até a publicação.

Em dezembro, quando o acordo foi encaminhado, Nathan não estava nos planos do técnico Eduardo Coudet e, apesar do desejo do Galo de apenas vendê-lo, a opção de o atleta permanecer no Fluminense foi vista com bons olhos pela diretoria do clube mineiro.

Contratado com status de referência no início da temporada, Nathan demorou para engrenar no Fluminense, mas ganhou importância com o técnico Fernando Diniz, que gosta do atleta e batalhou pela sua permanência.

Em 2022, o Fluminense desembolsou cerca de R$ 1 milhão pelo empréstimo de Nathan junto ao Atlético-MG. A opção de compra girava em torno de 5 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões), valor considerado alto para a realidade financeira tricolor. Assim, a opção foi um novo empréstimo.

Pelo Atlético-MG, Nathan participou dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil em 2021. Foram 118 jogos com a camisa alvinegra e 14 gols marcados. No Fluminense foi campeão carioca deste ano. Neste ano, o armador disputou 38 partidas e fez cinco gols.