NATO aumenta contingente de reação rápida na frente leste da aliança

A NATO vai multiplicar por oito a força de reação rápida como parte da sua resposta a uma "era de competição estratégica", anunciou Jens Stoltenberg.

De acordo com o secretário-geral, o contingente da Aliança Atlântica conta, atualmente, com 40 mil efetivos.

"Reforçaremos os nossos grupos de combate na parte oriental da Aliança até aos níveis de brigada. Transformaremos a força de resposta da NATO e aumentaremos o número das nossas forças de reação rápida para bem mais de 300.000", anunciou.

Stoltenberg acredita que a NATO vais sair muito mais forte da Cimeira que se realiza de terça a quinta-feira em Madrid, Espanha.

Nesta reunião espera, também, conseguir ultrapassar os obstáculos da Turquia ao pedido de adesão da Suécia e da Finlândia. Os líderes destes três países vão reunir-se em Madrid para tentar resolver as divergências. Ancara acusa Helsínquia e Estocolmo de abrigar militantes curdos que considera terroristas, algo que os nórdicos negam.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos