Natura converterá fábricas na América Latina para produzir itens de higiene pessoal

Por Gabriela Mello
Linha de produção em fábrica da Natura em Cajamar (SP)

A Natura & Co vai converter temporariamente todas as suas linhas de produção de maquiagem e perfumaria na América Latina para a fabricar apenas de itens de higiene pessoal, incluindo álcool gel e líquido, disse a empresa em memorando interno visto pela Reuters.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A companhia , que se tornou a quarta maior empresa de produtos de beleza do mundo após comprar a rival Avon Products no ano passado, também anunciou que se compromete a suspender demissões por 60 dias e congelar salários e promoções, limitando as contratações apenas para posições críticas.

Leia também

"Prosseguir com a produção é fundamental para que nossas consultores e revendedoras continuem obtendo renda com sua atividade, especialmente neste momento de crise", disse a empresa no memorando.

Os esforços da Natura & Co são parte de uma tendência global de empresas do setor privado, que estão tomando medidas para ajudar na batalha contra o Covid-19, que dizimou mercados e pressionou os governos a tomar medidas extremas para tentar controlar a pandemia.

Amplamente reconhecida por suas políticas de respeito ao meio ambiente, a Natura & Co fechou todas as suas lojas Natura, Aesop e The Body Shop, assim como as franqueadas no Brasil.

Não ficou imediatamente claro por quanto tempo a Natura & Co vai manter suas linhas de produção dedicadas a itens de higiene. A empresa observou, entretanto, que os estoques de seus produtos devem ser suficientes para honrar os pedidos em andamento.

As ações da Natura subiam cerca de 6,4% na tarde desta quarta-feira.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.