Naufrágio deixa 4 mortos e 25 feridos em possível ação com imigrantes ilegais nos EUA

Extra

Quatro pessoas morreram 25 ficaram feridas após o naufrágio de um barco na costa de San Diego, no estado da Califórnia, Estados Unidos. De acordo com autoridades locais, a embarcação de madeira quebrou após colidir contra um recife próximo da península de Point Loma. O resgate foi acionado por volta de 10h30 de domingo no horário local. Ao menos 29 pessoas foram jogadas no mar, mas a Guarda Costeira ainda faz buscas no local, já que não há registro oficial do total de passageiros a bordo.

A polícia investiga o caso e suspeita que a embarcação estaria sendo usada para transportar imigrantes ilegais. O capitão do barco foi preso em flagrante e está sob custódia. Ainda não se sabe qual era o destino da viagem, mas investigadores ressaltam que a embarcação estava superlotada. Por conta da localização no naufrágio, o caso será tratado por autoridades federais.

— Todas as indicações são de que se tratava de uma embarcação usada para trazer imigrantes para os Estados Unidos ilegalmente. Não confirmamos a nacionalidade das pessoas envolvidas, mas nossos agentes estão com muitas delas no hospital e o homem que acreditamos ser o operador. A investigação ainda está em andamento — disse Jeff Stephenson, agente de Patrulha de Fronteira, durante entrevista coletiva.

De acordo com o Tentente salva-vidas Rick Romero, os passageiros hospitalizados apresentavam desde hipotermia até lesões pelo corpo.

— Após enfrentar ondas de quase dois metros e balançar no recife, o cruzador de cabine lentamente se desintegrou em um monte de pedaços. Agora são apenas destroços — relatou.