Navio de apoio à exploração de petróleo na Bacia de Campos naufraga

Ramona Ordoñez
·1 minuto de leitura
Divugação/ SindipetroNF
Divugação/ SindipetroNF

RIO- Uma embarcação que prestava serviços de apoio no campo de petróleo de Albaroca, na Bacia de Campos, naufragou na madrugada desta sexta-feira. Havia 18 tripulantes no momento do acidente. Segundo a Marinha, todos foram resgatados.

Em nota, a Marinha, por intermédio do Comando do 1° Distrito Naval, informou o resgate de todos os tripulantes foram feitos por dois navios de apoio marítimo que estavam próximos ao local do naufrágio. Não houve registro de pessoas feridas.

De acordo com a Marinha, a empresa proprietária do navio que afundou, o “MV Carmen”, foi notificada a manter um navio em prontidão na área, com capacidade de contenção de óleo no local do naufrágio, para garantir a segurança da navegação na área e a prevenção de eventual vazamento de óleo.

A Marinha já instaurou um inquérito administrativo para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. Quando concluído o inquérito será encaminhado ao Tribunal Marítimo.

Segundo o Sindipetro Norte Fluminense (NF), o navio, de propriedade da empresa OceanPact Serviços Marítimos, saiu de Niterói no último dia 15 e realizava serviços de oceanografia, quando naufragou por volta das 4h50, aproximadamente. Segundo o Sindipetro NF, o acidente é um alerta para mostrar a necessidade de fortalecer as equipes de fiscalização "in loco" nas atividades operacionais.