Navio de guerra da Rússia viola águas da Dinamarca

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo dinamarquês protestou nesta sexta (17) contra a violação de suas águas territoriais por um navio de guerra russo.

Foram duas incursões perto da ilha de Bornholm, onde ocorre o Festival da Democracia da Dinamarca, evento que reúne políticos e empresários do país nórdico.

O local fica no mar Báltico, perto do estreito de Categate, que divide o corpo d'água do mar do Norte em torno da península dinamarquesa. "Uma provocação irresponsável e grosseira", afirmou o chanceler do país, Jeppe Kofod.

A Dinamarca é membro da Otan, a aliança militar ocidental que agora tem suas vizinhas regionais Suécia e Finlândia como candidatas a entrar no clube devido à Guerra da Ucrânia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos