Navio-hospital deixa NY após redução de pacientes

Um navio-hospital militar dos Estados Unidos deixou Nova York nesta quinta-feira depois de atender pacientes com coronavírus por um mês, no epicentro nacional da pandemia. Já o prefeito da cidade, Bill de Blasio, criticou as funerárias após corpos serem encontrados em caminhões não refrigerados.