Navio "Ocean Viking" chega ao porto de Taranto no Sul de Itália com centenas de migrantes

O navio "Ocean Viking", da ONG SOS Méditerranée, chegou ao porto de Taranto, no Sul de Itália, com quase 500 migrantes a bordo (459). Os migrantes foram resgatados em dez operações de salvamento durante a última semana; entre eles estavam 60 menores desacompanhados. Aproximadamente 210 migrantes são do Bangladesh, 120 do Egito e os outros vêm de países como Eritreia, Tunísia, Paquistão, Somália, Etiópia, Palestina ou Nigéria.

Entretanto, quase mil migrantes atravessaram o Canal da Mancha para o Reino Unido no sábado, de acordo com dados oficiais divulgados pelo Ministério da Defesa do país. O ministério afirmou que foram detetadas 20 embarcações transportando 960 migrantes. E, este ano, até à date mais de 26 mil pessoas atravessaram o Canal da Mancha em pequenas embarcações.

Já passaram mais de quatro meses desde que a ministra do Interior britânica, Priti Patel, revelou os planos para enviar migrantes para o Ruanda, numa tentativa de travar as travessias do Canal da Mancha.Grupos de direitos humanos dizem que é desumano enviar pessoas para um país onde não querem viver. O Reino Unido já pagou 120 milhões de libras ao Ruanda (mais de 138 milhões de euros), como parte do acordo, mas nenhum migrante foi enviado.

As autoridades britânicas foram obrigadas a cancelar o primeiro voo de deportação no último minuto, em junho, depois do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem ter decidido que o plano de representava "um risco real de causar danos irreversíveis".