Delegação dos EUA chega a Israel para preparar visita de Trump

Jerusalém, 27 abr (EFE).- Uma delegação oficial dos Estados Unidos chegou nesta quinta-feira a Israel para preparar a visita a este país do presidente Donald Trump, que deve acontecer no final de maio.

A delegação americana se reuniu com uma equipe do Ministério de Relações Exteriores israelense e os dias 22 e 23 de maio foram citados como as melhores datas para a visita, segundo a imprensa israelense.

No entanto, as datas "não serão confirmadas até a próxima semana", garantiu à Agência Efe o porta-voz de Relações Exteriores de Israel, Michal Maayan.

Essa data coincidiria com o Dia de Jerusalém (comemorado no dia 24, mas que começa com o pôr do sol da véspera, segundo a tradição judaica), no qual os israelenses lembram a unificação da cidade, com a conquista e ocupação de sua parte oriental durante a Guerra dos Seis Dias.

Nos próximos dias, a delegação americana se reunirá com equipes dos escritórios do presidente de Israel, Reuven Rivlin, e do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, e percorrerá vários lugares para decidir se serão incluídos no itinerário oficial.

Segundo o site "Times of Israel", que cita fontes oficiais em Jerusalém, Trump chegaria para uma visita relâmpago na manhã do dia 22 e deixaria o país na tarde do dia seguinte.

A expectativa é que Trump participe nos dias 24 e 25 de maio da Cúpula da Otan em Bruxelas e na reunião do G7 em Taormina, na Itália, no dia 26.

A imprensa israelense aponta ainda que a Casa Branca cogita a possibilidade de que Trump visite também outros países do Oriente Médio. EFE