Nazistas colocam faixa com frase racista em passarela de SP

Uma intervenção racista foi feita na Passarela Fundação Getúlio Vargas, que atravessa a Av. Nove de Julho, zona central da capital paulista, contendo os dizeres “Orgulho branco não é crime”.

A frase é utilizada por grupos neonazistas e supremacistas de ultradireita e tem origem em um movimento dos Estados Unidos denominado “White Pride”.

Junto à ela, havia uma variação da cruz celta, simbologia usada atualmente por estes grupos, principalmente na Europa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos