NBB tem surto de covid e times terminam partidas com quatro jogadores

·2 min de leitura
São Paulo terminou o jogo contra o Rio Claro com quatro jogadores. Foto: Filippo Ferrari/Marfim Photo
São Paulo terminou o jogo contra o Rio Claro com quatro jogadores. Foto: Filippo Ferrari/Marfim Photo

O covid-19 voltou com força em todo mundo e afetou as principais ligas esportivas. Primeiro foi a Superliga de Vôlei, que precisou adiar quase todos os jogos marcados para as duas primeiras semanas do ano por conta de surtos nas equipes.

Já no Novo Basquete Brasil, principal competição do basquete masculino no país, as partidas têm sido mantidas, mesmo com elencos bastante desfalcados.

Leia também:

Nesta segunda-feira (10), o São Paulo foi até Rio Claro, para enfrentar o time da casa. O elenco do interior paulista já havia perdido dois jogos por WO por falta de atletas, mas dessa vez viu o adversário sofrer com poucos jogadores à disposição.

No fim do confronto, o tricolor paulista perdeu dois jogadores excluídos por cinco faltas e teve que jogar a prorrogação com somente quatro atletas em quadra. Apesar de ser um dos candidatos ao título, perdeu para o rival que chegou a sua sexta vitória em 16 jogos.

Já o São Paulo que teve os desfalques de Bruno Caboclo, Alex Dória, Shamell, Vitinho e Elinho, além de não contar com o técnico Bruno Mortari, todos infectados pelo covid-19, conheceu sua quinta derrota em 15 partidas disputadas.

Um dos destaques do jogo com 24 pontos anotados, Marquinhos, que fez história na competição sendo o segundo maior pontuador da história, usou as redes sociais para reclamar da situação.

"Após vários times, inclusive o nosso, terem diversos jogadores afastados por testarem positivo para o covid, prejudicando o espetáculo como um todo, não seria o momento de a LNB (Liga Nacional de Basquete) avaliar uma pausa no campeonato, pensando na preservação dos atletas e de todas as pessoas envolvidas nas pessoas e nas viagens?", questionou.

Bruno Caboclo, companheiro de Marquinhos no Tricolor, sugeriu algo que já acontece na NBA: "Contrato de 10 dias no NBB", postou no Instagram sugerindo contratos curtos para que os elencos não fiquem tão desfalcados.

O assunto deverá ser tratado na próxima reunião da LNB, na quinta-feira (13), quando clubes e jogadores serão convidados a opinar. Algumas atitudes já foram tomadas pela liga visando reduzir a chance de WO, como o veto a exigência de no mínimo 10 atletas na súmula, e a redução de 10 para sete dias o período obrigatório de quarentena para infectados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos