Negacionista é preso suspeito de matar irmão farmacêutico porque ele aplicava vacinas contra Covid-19

·1 minuto de leitura
Jeffrey é acusado de matar o próprio irmão e outras duas pessoas - Foto: Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Allegheny
Jeffrey é acusado de matar o próprio irmão e outras duas pessoas - Foto: Divulgação/Gabinete do Xerife do Condado de Allegheny
  • Homem negacionista e antivacina matou o próprio irmão, a cunhada e uma idosa nos Estados Unidos

  • Ele teria assassinado o irmão porque era farmacêutico e aplicava imunizantes na população

  • O suspeito acreditava que a vacina era uma forma de o governo envenenar as pessoas 

Um homem de 46 anos foi preso nos Estados Unidos sob suspeita de matar o próprio irmão, a cunhada e uma idosa. Negacionista e antivacina, o rapaz teria assassinado o irmão, farmacêutico, porque ele aplicava imunizantes contra Covid-19 na população.

O caso aconteceu no estado de Maryland e chamou a atenção da imprensa local. Segundo os veículos norte-americanos, Jeffrey Burnham matou Brian Robinette, de 58 anos, Kelly Sue Robinette, de 57, e Rebecca Reynolds, de 83.

Leia também:

O documento de indiciamento aponta que Jeffrey “queria há tempos confrontar” seu irmão, Brian, sobre a aplicação de vacinas contra o coronavírus. Ele acreditava que o imunizante era, na verdade, "uma forma de o governo envenenar” a população.

“Ele (Jeffrey) repetidamente dizia: ‘O Brian sabe de algo!’”, aponta o indiciamento. O suspeito teria admitido os crimes a um agente do Corpo de Bombeiros e, agora, responderá pelos homicídios.

Suspeito tentou escapar

Após os assassinatos, Jeffrey teria roubado o carro de Brian e fugido. Sem gasolina, parou para pedir combustível na casa de uma pessoa e teria dito a ela: “Meu irmão estava matando pessoas com vacinas contra Covid-19”.

A mãe do suspeito e de uma das vítimas confirmou que Jeffrey queria confrontar o irmão e afirmou que chegou a questionar a sanidade mental do rapaz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos