Nego do Borel é expulso de 'A fazenda' e investigado pela Polícia por estupro

·1 minuto de leitura

A Polícia Civil de São Paulo está investigando o cantor Nego do Borel por suspeita de estupro de vulnerável contra a modelo Dayane Mello no programa "A fazenda 13", da RecordTV. Após pedidos de patrocinadores e internautas, a emissora decidiu pela expulsão de Nego do reality show.

Os advogados de Dayane registraram a denúncia na Delegacia de Itapecerica da Serra (SP), onde o programa acontece, e apresentaram imagens gravadas para justificar a ocorrência. A defesa da participante afirma que, após uma festa na noite desta sexta-feira (24), o cantor deitou em uma cama ao lado de Dayane Mello, que estava bêbada. Após o apagar das luzes, apesar de não ser possível ver os participantes, alguns trechos de áudio da modelo pediam que Nego do Borel parasse a ação. Hoje pela manhã, ela disse para a colega Erika não se lembrar dos acontecimentos da noite anterior.

Pelo Instagram, a equipe de Borel se posicionou através de um comunicado: "Somos totalmente favoráveis à apuração de todos e quaisquer fatos que ocorram dentro do reality, bem como a oitiva de todos os envolvidos. Não se deve tomar nenhuma conclusão com base em vídeos cortados e áudios embaralhados".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos