Nego do Borel é expulso de "A Fazenda 13"

·3 minuto de leitura
Momento em que Nego do Borel entra no closet, em
Momento em que Nego do Borel entra no closet, em "A Fazenda 13". Foto: reprodução/RecordTV

Resumo da notícia

  • Nego do Borel foi expulso de "A Fazenda" neste sábado (25)

  • Funkeiro foi acusado de forçar sexo com Dayane Mello, que estava bêbada, após festa

  • Cantor está sendo investigado por suspeita de estupro de vulnerável

Nego do Borel foi expulso de "A Fazenda 13" neste sábado (25). A informação foi confirmada oficialmente no início da noite pela própria assessoria do artista. A decisão da emissora foi tomada após a grande repercussão dos acontecimentos da madrugada, quando o cantor foi acusado de forçar sexo com Dayane Mello, que estava visivelmente bêbada. 

O funkeiro é investigado por suspeita de estupro de vulnerável, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado.

Leia também:

"A assessoria imprensa de cantor Nego do Borel informa oficialmente a saída do cantor do reality 'A Fazenda'. A equipe jurídica do artista se encontra neste momento em contato com a equipe jurídica da emissora para apurar todas as informações e se pronunciará hoje ainda, quando tiver maiores detalhes. Deixamos claro que somos a favor de que a justiça seja feita e por pedimos para que evitem julgamentos sem provas ou baseados em pequenos recortes da internet", diz a nota.

Mais tarde, a Record TV, que havia afirmado que estava apurando o caso internamente e prometeu um pronunciamento oficial durante o programa ao vivo. também divulgou um comunicado sobre a saída do participante.

Momento em que Nego do Borel entra no closet, em
Momento em que Nego do Borel entra no closet, em "A Fazenda 13". Foto: reprodução/RecordTV

"A Record TV informa que desde a manhã deste sábado, 25 de setembro, trabalha na apuração criteriosa em relação aos acontecimentos desta última noite no reality 'A Fazenda' envolvendo o Nego do Borel e Dayane Mello. Uma equipe multidisciplinar cuidou da análise de todo o material gravado, além de aguardar pelo despertar da Dayane e dos demais peões para juntar mais elementos, falas e depoimentos que pudessem amparar a decisão a ser tomada", afirma a emissora.

Na nota, o canal falou sobre o suporte dado à modelo e manteve o compromisso de abordar o assunto na edição deste sábado. "Além do atendimento psicológico, Dayane passou por uma entrevista completando os elementos primordiais para uma tomada de decisão justa. Diante dos fatos apurados, a direção da Record TV decidiu pela retirada do Nego do Boreal da competição. Todos os detalhes serão esclarecidos ao público no programa deste sábado", encerra.

Pressão do público e dos patrocinadores

De acordo com o colunista Leo Dias, do portal Metrópoles, a saída do funkeiro não foi uma escolha unânime na alta cúpula da emissora, mas a pressão do público e dos patrocinadores pesou para o resultado.

Um dos investidores, a Aurora Alimentos, chegou a cobrar publicamente uma solução para o caso, e o assunto "Estupro na Record" ficou o dia inteiro entre os assuntos mais comentados do Twitter.

À tarde, após o caso ganhar repercussão nas redes sociais, Dayane foi chamada para uma conversa com a produção da Record, mas sua equipe, que foi até a sede do programa, ainda não teve acesso à modelo.

A equipe jurídica da participante chegou a sugerir, via rede social, uma videochamada monitorada, já que o contato presencial está restrita, devida às restrições dos protocolos de segurança contra a Covid-19.

Os times dos demais participantes do reality show demonstraram apoio a Dayane e lembraram que "violência sexual" não é entretenimento.

Galisteu diz que não compactua com abuso

No Instagram, a apresentadora do reality, Adriane Galisteu afirmou que ela e a Record TV não compactuam, "em hipótese alguma, com nenhum tipo de abuso, assédio, racismo, machismo, violência, discriminação ou preconceito contra a mulher ou qualquer outro gênero!".

Segundo ela, a equipe do programa está acompanhando tudo desde as primeiras horas do dia, junto com o corpo jurídico da emissora e a direção da atração "para apuração rigorosa e total esclarecimentos dos fatos!". Ela também ressaltou que Dayane foi ouvida por psicólogos e pela direção-geral depois do ocorrido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos