Nego do Borel se defende de acusações de Duda Reis, mostra prints e avisa: "Vou até o final"

Patrick Monteiro
·4 minuto de leitura
Nego do Borel se defendeu em um vídeo editado na instagram (reprodução / instagram @negodoborel)
Nego do Borel se defendeu em um vídeo editado na instagram (reprodução / instagram @negodoborel)

Nego do Borel apareceu. O cantor gravou um IGTV para se defender das acusações que estão sendo feitas pela ex, Duda Reis, de agressão. Ambos registraram queixas na polícia nas últimas horas. Ele por difamação e ela por agressão, estupro e contaminação por Infecção Sexualmente Transmissível.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Em um vídeo de 11 minutos, muito editado, o cantor inicialmente contou que não gostaria de expor a ex-noiva, mas em seguida exibiu diversas conversas que teve com ela no vídeo. “Vou manter minha palavra e não vou expor nada, as constribuiçoes dela para o fim do realcionamento. Traí e assumo, essa foi a contribuição para o fim do nosso relacionamento. Nunca agredi ela (sic), nunca pratiquei qualquer tipo de violência contra ela”, ressaltou.

Leia também

Ele ainda criticou atitudes a atriz. "Ela não gostava que eu recebia meus amigos em casa, falava que a toalha que meus amigos se secavam parecia pano de chão, que a casa ficava toda bagunçada. Quando eu ia no Borel ela também não gostava. Não gostava que eu bebia com meus amigos, falava que isso fazia mal pra ela", afirmou.

Em um trecho das mensagens particulares que ele expõe, Nego confirma ter causado a depressão de Duda. “Jamais queria ter deixado você em depressão, nesse tempo todo juntos. Realmente quando comecei a namorar com você, você era cheia de vida, alegre, e eu acabei com tudo. Você sofre por causa de mim, eu só te fiz mal, só mal", lembrou.

O cantor ainda avisa que está buscando a justiça. “Estou tomando todas as medidas legais para provar para vocês que não sou esse cara que ela está falando. Não quero ficar nas redes sociais denegrindo a imagem dela. Se é para me defender, para mostrar quem eu sou, eu vou até o final, vou brigar por isso", contou.

Boletí=ins de Ocorrência

De acordo com o BO registrado pela atriz, de seis páginas, que o ‘UOL’ teve acesso, as agressões contra ela começaram no Carnaval de 2018. Ele teria apertado os braços dela, causando lesões. Em agosto do mesmo ano, durante uma viagem à Portugal, houve um novo episódio.

Por pressão dele, ela teria ficado dopada por remédios contra ansiedade. O texto ainda diz que o cantor mantinha relações sexuais não consentidas com a atriz quando ele voltava de shows ou saídas noturnas. Ela pediria para ele não prosseguir com o ato.

Já em outubro de 2019 as agressões aconteceram na casa do cantor, no Rio de janeiro. “Em uma crise de ciúme, o autor a agrediu com pontapés na perna e arrebentou a 'cabeçadas' a porta do local. Eram corriqueiros os danos a objetos da residência durante as crises de ciúme, e o mesmo dizia que quebraria os objetos para não ter que 'quebrar a vítima' [sic]. Eram comuns ameaças de morte à vítima e que o mesmo dizia que bateria o veículo e se mataria. Que acelerava o veículo em direção a postes e desviava, deixando a vítima em pânico”, relata o ‘UOL’.

Em novembro, durante um churrasco na casa dele, ela teria sido ameaçada de morte com uma faca. A ameaça teria se dado por ciúmes. Duda ainda revelou ter contraído uma IST em decorrência das traições do então companheiro.

“Vítima foi traída diversas vezes pelo autor sem que soubesse, e que contraiu HPV do autor. Duda só teve um parceiro sexual antes do agressor. Ele manteve relação sexual com outras mulheres”, diz o texto.

O texto se encerra com a supresa de Duda ao ter descoberto um fuzil e um cofre com cerca de R$ 2 milhões em dinheiro na casa do cantor. Ela pediu uma medida protetiva com base na Lei Maria da Penha e ele não pode mais entrar em contato diretamente com ela.

Nego do Borel procurou a delegacia nesta quarta-feira (13) para também registrar uma queixa contra a atriz por crimes contra a honra, que se resume a injúria, calúnia e difamação.

E denúncia foi motivada após os vídeos que Duda publicou em sua rede social contando coisas do namoro com o cantor. Segundo o delegado Alan Luxardo, da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), onde a queixa foi registrada, Reis será convidada a prestar esclarecimentos nos próximos dias e documentos serão anexados aos autos.