Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde

·1 minuto de leitura
O ministro da Saúde, Nelson Teich, participa de entrevista coletiva sobre a pandemia de Covid-19 no Brasil em Brasília (DF), no último dia 22
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA - O ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu exoneração nesta sexta-feira. De acordo com a assessoria do órgão haverá uma coletiva de imprensa nesta tarde. Na última quarta-feira, Teich faria uma coletiva para anunciar a matriz de isolamento proposta aos estados, mas acabou cancelando a reunião após não conseguir estabelecer consenso com secretários estaduais e municipais.

O médico estaria isolado na pasta, sem apoio da área técnica do ministério e alvo de críticas dentro e fora do governo. Teich era visto por gestores dos estados como uma "decepção geral". O ministro chegou ao órgão em abril para substituir Luiz Henrique Mandetta, demitido após divergências com o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos