“Nem Macron, nem Le Pen”: manifestantes iniciam protestos na França após resultado da eleição

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A contagem das urnas do segundo turno da eleição presidencial na França ainda acontecia quando começaram as primeiras manifestações no país após o anúncio da reeleição de Emmanuel Macron (República em Marcha) na noite deste domingo (24). “Nem Macron, nem Le Pen” era o lema defendido em protestos nas cidades de Paris, Toulouse, Marselha, Nantes e Rennes.

Reeleito com mais de 58% dos votos, o presidente Emmanuel Macron já teve mostras de que não terá cinco anos fáceis pela frente. Antes mesmo de fazer seu discurso da vitória em Paris, franceses insatisfeitos com as opções que tinham para o Palácio do Eliseu começaram seus protestos pelas ruas do país.

Em Toulouse, no sudoeste francês, cerca de 400 pessoas fizeram uma passeata no início desta noite, de acordo com a rádio pública local France Bleu Occitanie. Na faixa que abria a manifestação, um projeto: “Nem Macron, nem Le Pen, Revolução”.

Outras centenas de manifestantes foram às ruas de Marselha, no sul do país, se manifestarem. O protesto correu de maneira pacífica, de acordo com informações da polícia local.

Em Nantes, no oeste do país, a manifestação reuniu insatisfeitos no centro da cidade. Houve confronto e a polícia usou bombas de gás lacrimogêneo.

Confronto em Paris

Em Paris, o ponto de encontro das manifestações foi o centro da cidade, na região de Châtelet, por volta das 20h30 (horário local). Os manifestantes foram rapidamente retirados da região pela polícia com bombas de gás lacrimogêneo, conforme informações da rádio France Bleu.


Leia mais

Leia também:
Emmanuel Macron é reeleito presidente da França, apontam primeiros resultados
Le Pen reconhece derrota e convoca franceses a elegerem deputados de extrema direita
“Vou fazer da França uma grande nação ecológica”, diz Macron em discurso de vitória

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos