Nenê e Kayky quebram recordes como atletas mais velho e jovem e atuar pelo Fluminense em Libertadores

Marcello Neves
·1 minuto de leitura

O Fluminense divulgou oficialmente a escalação para enfrentar o River Plate, nesta quinta-feira, e automaticamente quebrou dois recordes. Com as presenças confirmadas do meia Nenê, de 37 anos, e do atacante Kayky, de 17, eles serão os jogadores mais velho e jovem, respectivamente, a defender o clube na história da Libertadores. A bola rola às 19h (de Brasília), no Maracanã.

O técnico Roger Machado escalou o Fluminense com: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nenê; Luiz Henrique, Kayky e Fred.

Nenê ultrapassou a marca que pertencia ao ex-meio-campista Felipe, que atuou pelo Fluminense na Libertadores de 2013 com 35 anos, oito meses e 20 dias. Já Kayky superou a marca do atacante Alan, que participoiu da Libertadores de 2008 com 18 anos, dez meses e 11 dias.

— A gente sempre fala que a expectativa é muito grande, mas essa realmente é diferente, é especial. A gente está louco para que esse jogo comece logo. Vamos dar a vida para fazer um grande jogo e conquistar um resultado positivo — afirmou, complementando em seguida:

— Sabemos que não vai ser fácil, mas temos que acreditar e acreditamos muito na força do nosso grupo, no nosso potencial. Vamos com essa confiança e o apoio da nossa torcida para conquistar um grande resultado — finalizou.