Neste dia: o que aconteceu com os mineiros do Chile que foram resgatados em 2010?

·2 minuto de leitura
O que aconteceu com os mineiros do Chile que foram resgatados em 2010? Foto: Yahoo
O que aconteceu com os mineiros do Chile que foram resgatados em 2010? Foto: Yahoo

Foi um dia que muitos deles achavam que jamais viveriam, mas em 13 de outubro de 2010, 33 mineiros chilenos foram finalmente resgatados após passarem 69 dias presos abaixo do solo.

A mina San José, cerca de 800 km ao norte da capital Santiago, desmoronou no dia 5 de agosto de 2010, deixando quem estava na superfície com medo de que os soterrados estivessem mortos.

Leia também:

Os mineiros conseguiram enviar um alerta à superfície avisando as autoridades de que estavam vivos e, semanas depois, em uma corrida contra o tempo, foram salvos um a um em um resgate dramático transmitido ao vivo para todo o mundo.

Agora que já se passou mais de uma década, onde estão esses mineiros famosos no mundo todo?

O mineiro chileno Florencio Avalos abraça o presidente Sebastian Piñera segundos após ser resgatado da mina em 2010. (Getty)
O mineiro chileno Florencio Avalos abraça o presidente Sebastian Piñera segundos após ser resgatado da mina em 2010. (Getty)

No início, os membros do grupo se transformaram em estrelas em nível mundial.

Foram muitos os convites: assistir a uma partida do Manchester United, ir a Disney World, Jerusalém e Ilhas Gregas.

O resgate dos mineiros atraiu atenção mundial. (Getty)
O resgate dos mineiros atraiu atenção mundial. (Getty)

Muitos apareceram em programas de entrevista americanos enquanto um, Edison Peña, que corria nos túneis da mina para se manter em forma e ocupado, participou da maratona de Nova York.

Foram escritos livros sobre o grupo, conhecido como “Os 33”, e um filme de Hollywood foi feito sobre o incidente, estrelando Antonio Banderas. Uma empresa local também presenteou cada um deles com uma motocicleta Kawasaki e 15 mil dólares

No início, os mineiros eram tratados como a realeza, sendo inclusive convidados a assistir uma partida do Manchester United no estádio Old Trafford. (Getty)
No início, os mineiros eram tratados como a realeza, sendo inclusive convidados a assistir uma partida do Manchester United no estádio Old Trafford. (Getty)

Avançando para 2021, o cenário já não é mais tão bonito quanto parecia logo após o resgate dramático.

Alguns já voltaram a trabalhar nas minas, mas muitos ainda sofrem com as sequelas mentais causadas pela experiência e enfrentam dificuldades financeiras.

Embora parte do grupo receba uma pensão do governo, ela representa aproximadamente metade do que ganhavam como mineiros, e um deles, Jorge Galleguillo, completa a renda atualmente com doações de turistas que ele guia pelo local do acidente.

Outros relatam dificuldade em encontrar emprego no setor de mineração, uma vez que os possíveis empregadores se preocupam com sua saúde mental e com os holofotes que eles atraem. Alguns se entregaram ao alcoolismo ou às drogas enquanto vários ainda lutam com sua saúde mental.

Durante uma entrevista, Mario Sepulveda, apelidado de “Super Mario” por sua atitude positiva durante a crise, admitiu enfrentar pensamentos suicidas também. “As pessoas viram as fotos do resgate e pensaram que nosso inferno tinha acabado”, disse ele. “Na verdade, estava só começando”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos