Netanyahu: ‘Cenas de partir o coração’

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse nesta sexta-feira que o tumulto que provocou pelo menos 44 mortes no norte de Israel durante uma peregrinação judaica é uma das ‘catástrofes mais graves’ da história do país.