Netanyahu comemora decisão de Trump

O presidente americano Donald Trump reconheceu oficialmente nesta quarta-feira Jerusalém como capital de Israel. A ONU se disse "contra toda medida unilateral" e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, comemorou a decisão e afirmou que este é um 'dia histórico'.