Netflix escolhe Microsoft para assinatura mais barata com publicidade

A Netflix escolheu a Microsoft para uma parceria comercial e tecnológica para seu novo serviço de streaming com publicidade.

A empresa planeja vender uma assinatura mais barata e com publicidade de seu serviço de streaming já no quarto trimestre do ano. A companhia anunciou planos de ingressar no negócio depois de registrar uma perda de 200 mil assinantes no primeiro trimestre e se viu obrigada a buscar novas formas de atrair clientes.

Concorrência: Disney+ ganha 7,9 milhões de assinantes em 3 meses e agrada mercado assombrado por perdas da Netflix

Netflix: Plataforma enfrenta problemas em testes de cobrança por 'senhas emprestadas', diz site

Em maio, logo depois do resultado do primeiro trimestre, a Netflix demitiu 150 funcionários como parte de uma reestruturação. A maioria dos cortes, que representam menos de 2% dos 11 mil funcionários da empresa, aconteceu nos Estados Unidos.

Em uma publicação em seu blog nesta quarta-feira, a Netflix revelou poucos detalhes sobre seus planos, embora já venha se reunindo com seus possíveis sócios há alguns meses. Ano passado, a Microsoft gerou US$ 10 bilhões em vendas de publicidade e, em dezembro, comprou a Xandr, negócio de publicidade da AT&T.

Decisão: Justiça do Rio determina que Netflix deixe de usar tecnologia de alta definição

"Microsoft tem a capacidade comprovada para respaldar todas as nossas necessidades publicitárias enquanto trabalhamos juntos para criar uma nova oferta de publicidade", disse o diretor de operações da netflix, Greg Peters, no blog. "Mais importante ainda, a Microsoft ofereceu a flexibilidade para inovar com tempo tanto no lado tecnológico como nas vendas, assim como sólida segurança de privacidade para nossos clientes".

Nem o Google escapa do temor de recessão nos EUA: CEO avisa que vai frear contratações

No mês passado, o The Wall Street Journal chegou a anunciar que a NBCUniversal e o Google eram dois candidatos a parceiro da Netflix em seu desfaio de desenvolver uma modalidade de serviço de streaming baseado na veiculação de publicidade.

Em comunicado ao jornal, um representante da Netflix disse que a empresa ainda estava iniciando os estudos, não confirmando a informação do WSJ.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos