Netflix ganhará anúncios publicitários, diz CEO

A perda significativa de assinantes forçou a Netflix a repensar sua posição historicamente dura contra os anúncios (Getty Creative)
A perda significativa de assinantes forçou a Netflix a repensar sua posição historicamente dura contra os anúncios (Getty Creative)
  • Anúncios podem começar a ser transmitidos ainda em 2022;

  • Co-CEO da empresa afirmou que medida é para atrair usuários que acham a Netflix cara;

  • Perda de assinantes fez a empresa mudar sua posição historicamente dura contra anúncios.

O co-CEO da Netflix, Ted Sarandos, afirmou que a plataforma de streaming passará a receber anúncios publicitários ainda em 2022. O anúncio foi feito durante a participação do executivo no Festival de Cannes, nesta quinta-feira (23). A medida seria para compensar a perda de mais de 200 mil assinantes no último trimestre.

Durante o evento, o executivo declarou: “Deixamos um grande segmento de de fora, que são pessoas que dizem: ‘Ei, a Netflix é muito cara para mim e não me importo de ter anúncios. Estamos adicionando uma política de publicidade para pessoas que dizem: 'Ei, quero um preço mais baixo e assistirei a anúncios”.

A perda significativa de assinantes, em comparação com o quarto trimestre de 2021, forçou a Netflix a repensar sua posição historicamente dura contra os anúncios. Ainda assim, a plataforma continua sendo o maior serviço de streaming com cerca de 222 milhões de assinantes.

Ainda não se sabe com qual empresa de vendas de anúncios a Netflix fará parceria para ajudá-la a entrar no negócio de publicidade. No início deste mês, o Wall Street Journal informou que a NBCUniversal e o Google eram os dois principais concorrentes. No entanto, quando questionado durante entrevista em Cannes, Sarandos não quis dar nenhuma pista a respeito.

Outras medidas

Em março, a Netflix anunciou que colocaria em prática novas medidas para reprimir o compartilhamento de senhas por usuários que não vivem na mesma casa.

No ano passado, alguns usuários receberam uma tela em seus aplicativos pedindo que digitassem um código de verificação enviado para o e-mail cadastrado, ou, caso não fossem os donos da conta, que comprassem uma. Na época, a Netflix informou que estava testando a funcionalidade, mas não ela ainda não entraria em ação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos