Netflix planeja inserir anúncios na plataforma até o fim de 2022, diz jornal

A Netflix planeja colocar anúncios na plataforma para oferecer pacotes mais baratos aos consumidores até o fim de 2022, de acordo com informações obtidas pelo "The New York Times" nesta terça-feira. Segundo o jornal, essa aceleração dos planos de inserir propaganda na programação foi informada aos funcionários num comunicado recente.

"Todas as grandes empresas de streaming, excluindo a Apple, anunciaram um serviço com anúncios”, disse a nota mencionada pelo NYT. “Por uma boa razão, as pessoas querem opções com preços mais baixos".

As fontes ouvidas pela publicação, em condição de anonimato, disseram ainda que, na mesma época, será introduzido um dispositivo para evitar o compartilhamento de senhas.

A plataforma líder mundial de streaming resistia ao modelo de propagandas, mas vem falando sobre o tema com mais regularidade desde que revelou, no mês passado, a perda de 200 mil assinantes só no primeiro trimestre deste ano. Foi a primeira vez, numa década, que houve uma queda tão significativa na base de assinantes.

Reed Hastings, CEO da Netflix, chegou a dizer a investidores que a plataforma começou a estudar um plano de anúncios para ser colocado em prática em um ou dois anos.

O jornal entrou em contato com representantes da Netflix nos EUA e não obteve resposta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos