Neto critica ausência de Neymar contra Argentina e questiona lesão: “Dor no adutor, dá pra jogar”

·2 min de leitura
Neto ficou inconformado por Neymar não jogar contra a Argentina / Foto: Reprodução
Neto ficou inconformado por Neymar não jogar contra a Argentina / Foto: Reprodução

A ausência de Neymar no jogo contra a Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, deixou neto irritado. O apresentador criticou o atacante na abertura do “Os Donos da Bola” desta terça-feira, 16. A CBF informou que o craque sentiu dores no músculo adutor da coxa esquerda, por isso não participará do clássico sul-americano.

"O Neymar está com dor no adutor. Meu irmão, dor no adutor, dá pra jogar. Dor muscular, dá pra jogar. Metatarso, dá pra jogar. É só juntar com esparadrapo que dá para jogar", explicou.

Leia também:

"O Neymar foi liberado depois do jogo contra a equipe da Colômbia, que por sinal, o que ele forçou para ser expulso, foi uma coisa impressionante. Chegou na cara do árbitro, brigou com o Cuadrado, brigou com todo mundo. Não foi expulso, levou amarelo. Mas ele forçou a expulsão, que dá para saber. Eu já fiz isso", confessou.

Para Neto, quem está com dores musculares não consegue dançar como Neymar fez logo após a partida contra a Colômbia. “Só o que ele dançou depois do jogo quando ele pega o chapéu de boiadeiro e ele dança. Quem tá com dor muscular, dor no adutor, não dança aquilo lá. E quando termina o jogo, a primeira coisa é sai e faz gelo. O que o Neymar fez? Foi para a noite, que é um direito que ele tem. Foi para o bar em que vão os famosos, que falam que é um bar excepcional", disse.

Na sequência, o ex-jogador questionou se a lesão sentida por Neymar foi realmente provocada por esforço físico dentro de campo. "Esse é o jogador que representa o futebol brasileiro? Que no jogo contra a Argentina tem uma dor no adutor? Adutor é aqui, ó. Não sei se a dor no adutor é por muita repetição ou se realmente ele machucou no jogo contra a Colômbia. Por sinal, ninguém da CBF, ninguém do departamento médico e da comissão técnica disse que ele tava machucado”, lembrou o apresentador.

Por fim, Neto defendeu o direito de o jogador fazer o que ele quiser durante as folgas, mas reafirmou desconfiar do motivo das dores. "Ele está no direito dele de sair se era folga. Mas tem jogo na terça contra a Argentina. Aí, eu dou folga no sábado e domingo, eu me apresento na segunda e na segunda que eu estou com dor no adutor? Não está batendo para mim que fui jogador de bola”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos