Netos de Pelé chegam dos EUA para visitar o avô e Kelly Nascimento se emociona

Essa é apenas a segunda vez que eles se encontram com o Rei do Futebol, a primeira foi em 2011

Netos de Pelé chegam dos EUA para visitar o avô e Kelly Nascimento se emociona
Netos de Pelé chegam dos EUA para visitar o avô e Kelly Nascimento se emociona
  • A filha de Pelé, Kelly Nascimento, postou uma foto nesta quarta-feira com dois netos do Rei do Futebol;

  • Octávio e Gabriel, filhos de Sandra Regina, reconhecida como filha do ex-jogador somente em 1996;

  • Essa é apenas a segunda vez que eles se encontram com o Rei do Futebol, a primeira foi em 2011.

A filha de Pelé, Kelly Nascimento, postou uma foto nesta quarta-feira com dois netos do Rei do Futebol que vieram dos Estados Unidos para ficar próximos ao avô. Octávio e Gabriel, filhos de Sandra Regina, reconhecida como filha do ex-jogador somente em 1996.

"Esses momentos são difíceis de explicar. As vezes muita tristeza é desespero, outros momentos rimos e falamos de memórias divertidas. E o que mais aprendemos com tudo isso é que temos que buscar um ao outro, e segurar bem pertinho. Só assim que tudo vale a pena. Com todos juntos", escreveu Kely no Instagram.

Os netos tentaram seguir os passos de Pelé, passando pelas categorias de base do São Paulo, Paraná, Grêmio e Osasco. Hoje, Octávio é jogador de futevôlei e tem uma agência de esportes, enquanto Gabriel é jornalista. Essa é apenas a segunda vez que eles se encontram com o Rei do Futebol, a primeira foi em 2011.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Nos últimos dias, Kely tem revezado, junto com outros filhos e netos de Pelé, nos acompanhamentos ao Rei no hospital Albert Einstein. As mais ativas nas redes são Kely e Flavia, de 55 e 54 anos, respectivamente. Pelé está internado desde o dia 29 de novembro, e, no momento, não há previsão de novos boletins médicos.

Em entrevista a UOL no ano de 2022, Pelé comentou como aconteceu o processo de reconhecimento da filha Sandra Regina.

“Muitas pessoas querem traçar um paralelo entre a história da Flávia e a da Sandra Regina, a filha que reconheci na Justiça. Vejo mais as diferenças do que as semelhanças. Enquanto Flávia me procurou para contar tudo, Sandra preferiu recorrer aos advogados e à imprensa. Nunca havia me encontrado pessoalmente com ela até fazer o teste do DNA. Certa vez, foi feita uma tentativa de aproximação entre nós, mas ela recusou. No início, dizia que queria apenas usar o meu nome. Quando conseguiu, entrou na Justiça pedindo dinheiro. Minha mãe também conversou com ela. Aconselhou Sandra a adotar o caminho do entendimento, não o do confronto, mas tempos depois Sandra voltou a falar pela boca dos seus advogados. As duas têm o meu sangue, mas Flávia nunca exigiu nada, por isso ganhou tudo."