Nevascas provocam perturbações no Reino Unido e Alemanha

·1 minuto de leitura
Funcionário retira neve de passarela em Berlim

Vários centros de vacinação contra a covid-19 no Reino Unido fecharam as portas nesta terça-feira devido às intensas nevascas que afetam o norte da Europa, enquanto na Alemanha dezenas de motoristas ficaram presos em seus carros durante a noite.

Algumas zonas do Reino Unido, do sul da Inglaterra até o norte da Escócia e partes da Irlanda do Norte, entraram em alerta amarelo devido às nevascas, que podem impedir viagens por estradas e ferrovias, advertiu o Instituto de Meteorologia britânico.

No norte e leste, a neve pode alcançar 15 centímetros.

Nas cidades de Ipswich e Colchester, 120 km ao nordeste de Londres, as fortes chuvas forçaram o fechamento de vários centros de vacinação contra o coronavírus.

Na capital do país, a neve cobre os parques e crianças utilizavam trenós.

A neve também atingiu com força outros países, da Bélgica à Dinamarca, passando pela Alemanha.

Neste último país, motoristas e caminhoneiros ficaram retidos ao longo de 30 km na rodovia A2, perto de Bielefeld (noroeste), segundo a polícia.

Vários caminhões viraram e provocaram o fechamento da rodovia nos dois sentidos. Vários motoristas passaram quase 16 horas em seus veículos em um frio intenso.

O ministro dos Transportes, Andreas Scheuer, pediu aos moradores do norte e centro da Alemanha que evitem dirigir pelo menos até quarta-feira.

As nevascas também provocaram atrasos e cancelamentos na rede de trens, segundo a empresa Deutsche Bahn.

As tempestades devem diminuir a partir de quarta-feira, mas o frio deve persistir, com temperaturas próximas de e -20°C à noite em algumas regiões da Alemanha.

mat-acc/zm/fp